notícias

noticias

Projeto Olinda Patrimônio Cotidiano coleta histórias dos moradores de Olinda

OLINDA, PATRIMÔNIO COTIDIANO – Memória Coletiva dos seus Moradores

Esse é o título do projeto que reúne várias atividades relacionas à preservação do Patrimônio e Cultura Tradicional, no ano de 2013 na cidade.

O projeto visa, através de um processo participativo, reconstruir a memória coletiva dos seus moradores e sua relação com a cidade, seu patrimônio, suas expressões culturais e principais manifestações populares nos bairros de Amaro Branco, Amparo, Bonsucesso, Carmo, Guadalupe, Varadouro, localizados no sítio histórico de Olinda.

Baseada em uma ação de pesquisa oral, uma equipe de entrevistadores está investigando os acervos fotográficos e realizado o registro audiovisual das histórias contadas pelos moradores, grupos culturais e outros atores identificados nos bairros de intervenção. Haverá também oficinas de fotografia artesanal (técnica pinhole) sobre “educação patrimonial, memória coletiva e identidade comunitária”.

A partir da sistematização dos materiais resultados da pesquisa oral, está sendo gerado alguns produtos audiovisuais, entre eles, um documentário e uma série de programas de rádio, veiculados pela Rádio Amparo FM98.1, todas as sextas, das 11h as 12hs, matérias temáticas na Gazeta Cultural, jornal de distribuição gratuita; e o site  www.olindapatrimoniocotidiano.org.br, em fase de construção.

Para reunir todo o material gerado, haverá a Mostra “Patrimônio, Memória Coletiva e Identidade Cultural em Olinda”, com sede no Museu de Arte Contemporânea de Pernambuco, MAC-PE. Na Mostra será apresentado o website e uma exposição de fotografias e materiais coletados durante a pesquisa oral, oferecendo ainda visitas guiadas para escolas e universidades. A previsão de duração é de 2 meses após a inauguração.

O ICEI convida os moradores dos bairros do Sítio Histórico a contarem suas histórias, para construirmos juntos esse acervo da memória coletiva, onde as pessoas e o seu cotidiano é que são o patrimônio vivo que deve ser preservado.

Para colaborar e obter mais informações sobre o projeto, entrar em contato com o ICEI, na nossa sede, na Ladeira da Misericórdia; pelo telefone (81) 3493.9990; e pelo email memoriacoletiva@iceibrasil.org.br

voltar